Lar Santo Expedito

* Cidadania

Atualmente, alguns jovens que residiram no Lar Santo Expedito já estão inseridos no mercado de trabalho, entre eles:

Solange, 21 anos, que atua como monitora no Lar Santo Expedito

Solange descreve seu trabalho como uma grande conquista, pois pode usar sua experiência na função que exerce, já que foi moradora no Lar. "Agradeço a oportunidade que o Lar Santo Expedito vem me oferecendo com a oportunidade de emprego, assim posso proporcionar uma vida melhor para minhas filhas."

Fábio Joaquim, de 23 anos, é funcionário do Lava - Rápido Garden Park

Joaquim, por sua vez, é só felicidade. No lava-rápido onde trabalha é querido por todos. "Gosto muito do que faço e agradeço muito ao Santo Expedito que me ajudou a ter este emprego."

Josivam, de 19 anos, que trabalha como aprendiz na Santa Cecília TV

Trabalhar na TV sempre foi o sonho de Josivam. O aprendiz se diz satisfeito com o que faz e está aprendendo a operar uma câmera de vídeo e uma mesa de áudio. "Esse trabalho me ajudará a concretizar o meu verdadeiro sonho, que é estudar para ser professor de Educação Física."

Izabela, de 18 anos atua como monitora do Lar

A jovem Izabela é desde pequena moradora do Lar. Cresceu junto aos trabalhos lá desenvolvidos e foi presenteada com sua primeira oportunidade de trabalho, no próprio abrigo. "Gosto muito de trabalhar aqui, pois reconheço o valor e a importância do lugar. Sei a falta que faz uma casa e uma família, e agradeço ao Lar pela oportunidade de viver e agora trabalhar aqui."

Fabiano, 19 anos, trabalha na biblioteca da Saúde da Unisanta

O jovem Fabiano encontra-se cursando faculdade de administração e apresenta responsabilidade e educação exemplar. "Foi bom morar no Lar Santo Expedito, pois tive a oportunidade de estudar e trabalhar; no Lar encontrei boa estrutura, sempre com orientações por partes dos funcionários, a comida é ótima, e os passeios e atividades são demais! Lá na casa dá pra sentir que existe uma real preocupação com o próximo." (Fabiano 24/08/2009)

Josiane, 23 anos, trabalha atualmente no setor de esportes da Universidade Santa Cecília

Josiane alcançou sua autonomia e vem buscando cada vez mais seus sonhos. "Morar no Lar foi me livrar das ruas, tive a oportunidade de estudar, de ter meu primeiro emprego, que por sinal eu adoro, praticamente uma segunda casa para mim.

PARTICIPE

DOAÇÕES

Anuncie aqui
Av Dino Bueno, 16 - Ponta da Praia - Santos/SP - CEP.: 11.030-350
Telefones: (13) 3284-0631 / (13) 3286-0447